Carlos Bolsonaro divulga áudios e contesta depoimento de porteiro


Overeador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) divulgou imagens e áudios, nesta quarta-feira (30/10/2019), retirados do sistema, segundo ele, que grava as ligações feitas da portaria para as casas no Condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro (RJ). “O que dirão agora?”, questionou.

O presidente Jair Bolsonaro(PSL), pai do vereador, foi citado em depoimento do porteiro do condomínio. Divulgada pelo Jornal Nacional, da TV Globo, a declaração foi dada a policiais que investigam o assassinato do vereadora Marielle Franco (PSol-RJ), em março do ano passado.

Inicialmente, Carlos publicou um vídeo mostrando uma ligação da portaria para a casa de número 65, onde morava Ronnie Lessa, acusado de atirar na vereadora. No áudio, uma voz anuncia a chegada de Élcio Queiroz para a residência.

“A Globo, sabendo dos fatos e podendo esclarecê-los, preferiu levantar suspeitas contra o presidente e alimentar narrativas criminosas. Um simples acesso aos registros internos do Condomínio mostra que no dia 14/03/2018 nenhuma solicitação de entrada foi feita para a casa 58”, tuitou, às 10h42.

A Globo, sabendo dos fatos e podendo esclarecê-los, preferiu levantar suspeitas contra o Presidente e alimentar narrativas criminosas. Um simples acesso aos registros internos do Condomínio mostra que no dia 14/03/2018 NENHUMA solicitação de entrada foi feita para a casa 58.

Vídeo incorporado
22,6 mil pessoas estão falando sobre isso

As próprias imagens contradizem o vereador. É possível ver uma ligação feita para a casa 58 no arquivo publicado por Carlos. Mais tarde, após ser cobrado por seguidores, o filho 02 do presidente divulgou áudios da ligação feita à residência de Jair Bolsonaro.

“Não se preocupem, abutres, disponibilizo também o áudio da ligação feita no dia 14/03/2018 para a casa 58 e 36, tempos antes e depois da ligação que realmente importa, feita para a casa 65, às 17:13. O que dirão agora?”, completou o vereador. Essa segunda parte do vídeo foi postada às 13h26.

No vídeo, o porteiro avisa a uma mulher, não identificada por Carlos Bolsonaro, que o entregador de comida por aplicativo está na porta. “Pode mandar descer”, responde a mulher.

Fonte por Metrópoles
Categoria:Brasil

Deixe seu Comentário